UNIFIMES - Centro Universitário de Mineiros 
 

História

Remontar à história da FIMES significa necessariamente tratar da história de dois profissionais, os fundadores da instituição que, junto à comunidade e ao poder público da época (1984), deram os primeiros passos para a implantação do ensino superior no município de Mineiros. Falamos do Prof. Walter Chaves Marin, idealizador do projeto, e do Dr. Francisco Filgueiras Júnior, primeiro Presidente do Conselho Superior da FIMES.

O projeto, apresentado ao Sr. Erasmo Rodrigues de Souza, na época prefeito municipal, foi idealizado, elaborado e executado em tempo relativamente curto. No espaço de dois anos, percorreu todas as instâncias necessárias à sua aprovação.

A Lei Municipal nº 278, que instituiu a Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior – FIMES foi assinada no dia 11 de março de 1985 e, no dia 14 de março do mesmo ano, instalou-se, oficialmente, o Conselho Superior da Fundação, composto de 15 (quinze) membros.

Veja a relação cronológica dos Presidentes do Conselho Superior e respectivos Diretores da FIMES no período de 1985 a 2010:

Presidente

Diretor Geral

Dr. Francisco Filgueiras Júnior
1985 a 1996

Prof. Walter Chaves Marin
1985 a 1996

D. Eric James Deitchmann
01/1997 a 10/1997

Prof. Luiz Antônio Alves Costa
1997 a 15/08/2000

Dr. Martiniano José da Silva
11/1997 a 2000

Prof. Eliezer João da Silva
05/02/1997 a 28/10/1997

Prof. Gilvan Luciano Lima
18/08/2000 a 01/09/2002

Prof. Luiz Antônio Alves Costa
2001 a 2004

Profª Ita de Fátima Silva Assis
04/09/2002 a 31/01/2010

Dr. Martiniano José da Silva
2005 a 2008

Dr. Martiniano José da Silva
2009 a 2011

A Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior - FIMES enquanto Faculdades Isoladas implantou os seguintes cursos:


FACULDADE

ANO DE IMPLANTAÇÃO

Faculdade de Administração

1986

Faculdade de Pedagogia

1991

Faculdade de Ciência da Computação*

1994

Faculdade de Agronomia

1994

Faculdade de Engenharia Florestal

2002

Faculdade de Zootecnia

2002

Faculdade de Ciências Contábeis

2002

Faculdade de Sistemas de Informação.

2002

Após autorização em 2004, e credenciamento como Faculdades Integradas de Mineiros, por meio do Decreto Governamental Nº 6.144 de 17/05/2005, publicado no D.O./GO em 20/05/2005, a FIMES implantou a Licenciatura Plena Parcelada em Matemática e três cursos superiores tecnológicos: Administração Pública, Gestão em Agronegócio e Gestão em Marketing e Venda. Em 2006, a Licenciatura Plena Parcelada em Arte Educação. Em 2008, duas Licenciaturas Plenas Parceladas: Letras e Pedagogia, ambas na cidade de Anápolis-GO. Em 2009, deu início ao Curso de Direito.

A partir de 2007 implantou o ensino a distância, por meio de convênio com a Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC localizada em Salvador - BA para oferecer os cursos daquela Instituição: Tecnólogo em Segurança do Trabalho e as Licenciaturas de Biologia, História, Matemática e Letras.

Ainda como Faculdades Integradas consta a oferta das Pós-Graduações lato sensu Gestão em Tecnologia da Informação - GTI e Psicopedagogia Institucional e Clínica (2007); Gestão Sucro Alcooleira (FEF); Gestão de Pessoas e Gestão Tributária, Auditoria e Controladoria (2009). Os dois primeiros cursos são próprios da FIMES e os outros dois são produtos da parceria com a Fundação Educacional de Fernandópolis (SP).

Foi neste cenário e como resposta aos anseios de todos aqueles que em 1985 deram vida à Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior – mantenedora e mantida, que as Faculdades Integradas de Mineiros conseguem credenciamento como Centro Universitário. O processo se deu através da Lei Municipal nº 1495/2010, de quatorze de dezembro de 2010, que autorizou a Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior de Mineiros – FIMES a transformar as Faculdades Integradas de Mineiros em Centro Universitário de Mineiros. Posteriormente, o Conselho Estadual de Educação se reuniu e, em sessão extraordinária, ocorrida em 7 de abril de 2011, por unanimidade os conselheiros votaram pela transformação das Faculdades Integradas de Mineiros em Centro Universitário.

Assista ao vídeo institucional